Projeto e-Jovem – 6 anos que duraram uma vida

Há 6 anos atrás eu nada mais era do que um menino que antes pescava e vendia caranguejos com meu pai, e consertava bicicletas como forma de ajudar minha família.

Poderia descrever aqui todos os detalhes de como a caminhada de 6 anos foi dura e muitas vezes quase impossível. Mas não é um post pra isso.

Hoje, quando olho pra trás consigo perceber o quanto eu teria perdido se não tivesse sido salvo por um Projeto de caráter social e ampliador de horizontes.

Aquele menino que não via futuro além dos muros do bairro do Quintino Cunha, lugar onde não se plantam frutos e não se colhem histórias. Como poderia eu, filho de pescador me tornar “alguém na vida”?

Logo no inicio do meu Ensino Médio(escola pública), apareceu um Projeto que poderia ser aquele que mudaria toda a minha vida, e me daria as ferramentas necessárias para alterar meu futuro.

O Projeto e-Jovem era uma iniciativa através da Secretaria da Educação do Estado do Ceará que oferecia cursos de profissionalização na área de Tecnologia da Informação e Comunicação com Empreendedorismo Social. E sim, um curso desses ia ser ofertado na Escola onde eu estudava.

Várias dificuldades tentariam me manter fora do e-Jovem, começando pela minha idade(15 anos) indo até o fato de eu ainda estar no 1º ano do ensino médio.

Mas com ajuda do Stênio consegui entrar no curso, o aluno mais novo da turma. Algum tempo depois consegui minha primeira oportunidade de estágio, mas não se anime, ela só durou 4 dias(novamente por causa da minha idade). Mesmo sem muita perspectiva de estagiar durante o curso me mantive como aluno aproveitando cada minuto que o Projeto e-Jovem destinava aos alunos.

Ao fim do curso ainda consegui me tornar educador de Informática do Módulo I, ,mas claro, quem conhece a história toda sabe o quanto foi difícil (novamente devido a idade).

Em Novembro de 2012 o e-Jovem conseguiu finalmente (depois de 6 meses tentando me emancipar) me contratar para ser desenvolvedor e ajudar na tutoria. Essa contratação foi o ponto chave para o progresso.

O Projeto e-Jovem praticamente me colocou em um mercado de trabalho que eu nunca imaginei que fosse possível pra mim, nunca imaginei que um filho de pescador chegaria até ali.

Durante alguns anos me mantive focado em retribuir para a sociedade aquilo que o e-Jovem fez por mim.

Mas como tudo na vida tem um inicio e um fim, hoje depois de 6 anos atuando como aluno, educador, instrutor, tutor, criador de conteúdo, formador, e desenvolvedor é chegada a hora de dizer “bye” e continuar em um novo estágio da minha vida.

É com um grande pesar no coração que anuncio através desse post a minha saída do Projeto e-Jovem, é realmente um momento muito triste pra mim, mas ao mesmo tempo feliz, fico muito feliz em saber que cumpri corretamente cada missão confiada a mim durante todo esse tempo.

E por mais que tenha sido difícil entrar no Projeto, percebo que a dificuldade maior agora é sair 🙁

Sempre tentei adiar esse dia, sempre tentei adiar esse acontecimento, nunca estive preparado para tal escolha.

Não conseguiria aqui expressar toda a minha gratidão ao Projeto e-Jovem e seus colaboradores.

Através do e-Jovem consegui realizar vários e vários feitos pessoais e profissionais em minha vida:

Viajei todas as 14 macrorregiões do Estado do Ceará, passando por quase todos os 184 municípios, conhecendo a ponta do Projeto e-Jovem, seus alunos, e me emocionando ao ver que o Projeto e-Jovem não mudou apenas a minha vida, mas mudou e continua mudando a vida de milhares de jovens em todo o território cearense. Enchendo de sonhos e realizações aqueles que nunca pensaram que poderia ser possível ter uma vida diferente. Ampliando os horizontes e criando oportunidades onde antes não havia esperança.

Me tornei um bom profissional, sabendo atuar em várias áreas, tudo graças as portas que o Projeto e-Jovem me abriu.

E como se não bastasse conhecer o Ceará, quis conhecer o Brasil, e as primeiras viagens foram graças ao apoio do Projeto e-Jovem.

O Projeto e-Jovem me levou a fundar a Comunidade PHP com Rapadura, hoje umas das maiores e mais ativas comunidades de PHP do país. E fica claro que até a PHP com Rapadura é fruto do e-Jovem.

Enfim, tudo o que sou, novamente não pestanejo em dizer que é graças ao Projeto e-Jovem, que me deu oportunidades de realizar sonhos que antes eu nem tinha.

Pessoas como Julio Cavalcante, Flávia Rodrigues, Adriano Silva Lima, Átila da Silva Lima, Kátia Gomes, e vários outros colaboradores que influenciaram no meu crescimento profissional e pessoal. Meu povo, eu vos agradeço demais 😀 Sei que durante todo esse tempo não fomos uma equipe, fomos uma família.

Estou agora indo para um novo desafio, chega um momento que você precisa deixar outras pessoas aprenderem o que você tanto aprendeu, e por mais que eu me sinta realizado em trabalhar no Projeto e-Jovem é necessário dizer “adeus”, ou pelo menos um “até o futuro”.

Espero que durante todo esse tempo eu tenha sido útil, espero não ter desapontado o Projeto. Espero bastante que tenha contribuído na vida das pessoas assim como o e-Jovem contribuiu na minha.

E agora, nesse momento de tristeza e alegria, só tenho mais um pedido:

Projeto e-Jovem nunca se esqueça de mim, porque eu nunca me esquecerei de você!

16 Comentários

  1. Parabéns pela perseverança, pela história de motivação e força, pelo compartilhamento de suas experiências com as pessoas e pela competência profissional.

    Grande abraço!

    Responder
  2. Alê…

    Você não sabe o quanto foi difícil receber essa sua solicitação… tu sabes bem!!! Mas é como lhe disse, ficamos muito tristes mas, também, muito felizes em saber que você irá alçar novos horizontes, novas trilhas e marcar serão deixadas nos outros locais por onde irás passar.

    E é isso que desejo pra ti… sucesso… e muita… mas muitas mudanças de vidas!

    Não deixemos que os elos se percam… e isto, independentemente do Projeto e-Jovem!

    Responder
  3. Meu amigo começamos essa caminhada juntos lembro do processo seletivo para educador do modulo I onde tive o privilegio de conhecer você primeira fase passamos segunda e terceira e depois tivemos o mesmo problema a idade eu tinha 17 anos fiquei feliz demais mais depois falaram da minha idade onde graças a equipe do projeto conseguiram nos encaixar rsrsrs saudades. Amo esse projeto mudou minha vida hoje minha carreira teve inicio justamente em 2010 onde comecei nesse mundo da tecnologia estamos ai….boa caminhada nessa sua nova jornada #TMJ

    Responder
  4. Alessandro,

    O projeto instiga os alunos da base regular do Estado a buscarem novas habilidades e competências que muitas vezes estão adormecidas neles mesmos e cada um se quiser trilhará novos caminhos.
    Concordo com você, sair dessa família, e-Jovem, é realmente muito difícil, todavia é necessário novos desafios e aprendizagens e isso você terá com essa nova oportunidade.

    Que Deus lhe conceda sabedoria, compreensão e discernimento!
    Tudo de bom em sua nova caminhada!

    Responder
  5. Vai fazer muita falta, e olha que nem tive tanto tempo assim trabalhando contigo. A sua história é uma inspiração e é maravilhoso ver pessoas como você que fizeram tanto, crescendo.
    Até o futuro, onde com certeza lhe verei ainda mais capaz.

    Responder

Deixe um comentário.